Willys de Castro

1926 – 1988

Willys De Castro was a leading figure of the Neo-Concrete Movement in Brazil, renowned for his exploration of geometric abstraction with highly experimental work which stretched the boundaries of two dimensional painting and created a ground-breaking precedence for future performance and minimalist work. He is most famous for his Objetos Ativos (Active Objects) series (1959-1962), one of the most memorable moments of the Neo-Concrete Movement.

Willys de Castro’s work is held in some of the most prominent public and private collections worldwide, including the Instituto de Arte Contemporânea and Museu de Arte de São Paulo as well as the Museum of Modern Art, New York.

De Castro’s work has been exhibited widely, featuring in recent surveys of Brazilian art at the Royal Academy, London; The Museum of Modern Art, New York and the Museum of Fine Arts, Houston.

1926 Uberlândia, MG, Brazil – 1988 São Paulo, SP

Willys de Castor was a painter, poet, draughtsman, engraver, composer, singer, set and costume designer, curator and graphic artist.


SOLO EXHIBITIONS

1959
Willys de Castro, Galeria de Artes das Folhas (São Paulo, SP)

1962
Willys de Castro, Petite Galerie (Rio de Janeiro, RJ)
Willys de Castro, Petite Galerie (São Paulo, SP)

1983
Willys de Castro, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 13/9/1983 – 7/10/1983

2001
Willys de Castro, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP)

2012
Willys de Castro, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), 21/7/2012 – 14/10/2012

2012
Deformações Dinâmicas, Instituto de Arte Contemporânea (IAC) (São Paulo, SP), 25/8/2012 – 21/12/2012

2015
Múltipla Síntese, Galeria Almeida e Dale (São Paulo , SP), 26/3/2015 – 30/4/2015

2016
Lado a Lado – Willys de Castro, Instituto de Arte Contemporânea (IAC) (São Paulo, SP), 30/3/2016 – 25/6/2016


GROUP EXHIIBTIONS

1953
Salão de Agosto, Casa do Povo, São Paulo, SP, Agosto 1953

1954
Salão Paulista de Arte Moderna Galeria Prestes Maia (São Paulo, SP), Junho 1954

1957
Salão Paulista de Arte Moderna, Galeria Prestes Maia (São Paulo, SP), Junho 1957
Bienal Internacional de São Paulo (São Paulo, SP), 22/9/1957 – 30/12/1957

1958
Salão Paulista de Arte Moderna, Galeria Prestes Maia (São Paulo, SP), Junho 1958

1959
Prêmio Leirner de Arte Contemporânea, Galeria de Artes das Folhas (São Paulo, SP)
Obras del Museo de Arte Moderno de San Pablo, Salon Carlos Antonio Lopes (Assunção, Paraguai)
Livro-Poema, Jornal do Brasil (Rio de Janeiro, RJ)
Exposição de Arte Neoconcreta, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ), Março 1959
Exposição de Arte Neoconcreta, Galeria Belvedere da Sé (Salvador, BA)

1960
Salão Nacional de Arte Moderna, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ)
Konkrete Kunst, Helmhaus Zürich, Zurique, Suiça
Exposição de Arte Neoconcreta (Rio de Janeiro, RJ), Novembro 1960

1961
Exposição de Arte Neoconcreta, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), (São Paulo, SP), Abril 1961
Bienal Internacional de São Paulo (São Paulo, SP), 1/9/1961 – 31/12/1961
Bienal de Paris, Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris (França), 29/9/1961 – 5/11/1961

1963
International Society of Plastic Art, Daimaru’s Exhibition Hall (Kobe, Japão)

1964
O Rosto e a Obra (Rio de Janeiro, RJ)
Galeria Ibeu Copacabana (Rio de Janeiro, RJ)

1965
Brazilian Art Today, Royal Academy of Arts (Londres, Reino Unido)
Brazilian Art Today, Museum für Angewandte Kunst (Viena, Áustria)

1966
Brasilianische Kunst Heute (Bonn, Alemanha)
Brazilian Art Today, Beethonvenhalle, (Bonn, Alemanha)

1967
Exposição de Gravuras (São Paulo, SP)

1969
Gravuras Originais, Galeria Astréia (São Paulo, SP)

1970
Galeria Astréia: mostra inaugural, Galeria Astréia (São Paulo, SP)

1971
Retrospectiva da Moda Brasileira, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) (São Paulo, SP)

1972
Arte/Brasil/Hoje: 50 anos depois, Galeria da Collectio (São Paulo, SP)

1973
Imagem do Brasil, Manhattan Center (Bruxelas, Bélgica)

1975
A Comunicação Segundo os Artistas Plásticos (Rio de Janeiro, RJ)

1977
Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ)
Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), 14/6/1977 – 3/7/1977

1982
Contemporaneidade: homenagem a Mário Pedrosa, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ)

1983
Imaginar o Presente, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 8/10/1983 – 25/10/1983

1984
Neoconcretismo 1959-1961, Galeria de Arte Banerj (Rio de Janeiro, RJ)
Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, Fundação Bienal (São Paulo, SP), 19/11/1984 – 31/1/1985

1985
Encontros, Petite Galerie (Rio de Janeiro, RJ), 22/7/1985 – 15/8/1985
Destaques da Arte Contemporânea Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 3/10/1985 – 3/11/1985

1986
Coletiva no Gabinete de Arte Raquel Arnaud, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), Janeiro 1986
Coletiva no Gabinete de Arte Raquel Arnaud, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP) (julho 1986 : São Paulo, SP), 1/7/1986 – 4/8/1986
Abstração Geométrica (São Paulo, SP)

1987
Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, Fundação Nacional de Artes, Centro de Artes (Rio de Janeiro, RJ)
Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, Museu de Arte Brasileira (MAB-FAAP) (São Paulo, SP), 24/9/1987 – 30/10/1987
Bienal Internacional de São Paulo, Fundação Bienal (São Paulo, SP), 2/10/1987 – 13/12/1987
Modernidade: arte brasileira do século XX, Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris (França), 10/12/1987 – 14/2/1988

1988
Modernidade: arte brasileira do século XX, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 6/4/1988 – 8/5/1988
MAC 25 Anos: aquisições e doações recentes, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (São Paulo, SP)
Aventuras da Ordem, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 8/11/1988 – 23/12/1988

1989
10 Escultores, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 14/9/1989 – 16/10/1989

1990
Coerência – Transformação, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 13/3/1990 – 31/3/1990

1991
Rio de Janeiro 1959/1960: experiência neoconcreta, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ), 9/5/1991 – 23/6/1991
Construtivismo: arte cartaz 40/50/60, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (São Paulo, SP), 31/10/1991 – 7/3/1992

1992
Mostra da Gravura Cidade de Curitiba/Mostra América, Museu da Gravura Cidade de Curitiba (Curitiba, PR)
Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, Kunsthaus Zürich (Zurique, Suiça)
22/5/1992 – 18/10/1992
Coletiva na Casa do Médico, Casa do Médico (Araraquara, SP), 7/8/1992 – 20/8/1992

1993
Poética, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 5/4/1993 – 5/5/1993
Masp no Morumbi Shopping, Shopping Morumbi (São Paulo, SP), 13/5/1993 – 12/6/1993

1994
Willys de Castro, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) (São Paulo, SP)
Bienal Brasil Século XX, Fundação Bienal (São Paulo, SP), 24/4/1994 – 29/5/1994
Willys de Castro: obras de 1954-1961, Escritório de Arte Sylvio Nery da Fonseca (São Paulo, SP), 25/10/1994 – 25/11/1994

1996
O Mundo de Mario Schenberg, Casa das Rosas (São Paulo, SP), 27/3/1996 – 16/6/1996
Tendências Construtivas no Acervo do MAC USP: construção, medida e proporção, Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro, RJ), 1/8/1996 – 29/9/1996
Arte Brasileira: 50 anos de história no acervo MAC/USP: 1920-1970, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (São Paulo, SP), 26/9/1996 – 1997

1997
Vertente Construtiva e Design (Porto Alegre, RS), 2/10/1997 – 30/11/1997
Bienal de Artes Visuais do Mercosul (Porto Alegre, RS), 2/10/1997 – 30/11/1997
Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, Itaú Cultural (São Paulo, SP), 5/11/1997 – 14/12/1997

1998
Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX (Belo Horizonte, MG), 2/4/1998 – 30/4/1998
Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX (Penápolis, SP), 3/7/1998 – 31/7/1998
Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, Itaugaleria (Brasília, DF)
12/8/1998 – 11/9/1998
Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 2/10/1998 – 20/12/1998
Bienal Internacional de São Paulo, Fundação Bienal (São Paulo, SP), 3/10/1998 – 13/12/1998

1999
Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ), 15/1/1999 – 4/3/1999
Cotidiano/Arte. O Consumo, Itaú Cultural (São Paulo, SP), 19/11/1999 – 6/2/2000

2000
Mira Schendel, Sérgio de Camargo e Willys de Castro, Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro, RJ), 21/3/2000 – 21/5/2000
Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, Fundação Bienal (São Paulo, SP), 24/4/2000 – 7/9/2000
Os Anjos Estão de Volta, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), 14/8/2000 – 29/10/2000
Escultura Brasileira: da Pinacoteca ao Jardim da Luz, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), Agosto 2000
Século 20: arte do Brasil, Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão (Lisboa, Porugal), 2000 – 2001

2001
Willys de Castro, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP)
Trajetória da Luz na Arte Brasileira, Itaú Cultural (São Paulo, SP), 13/5/2001 – 9/9/2001

2002
Genealogia do Espaço (Rio de Janeiro, RJ)
Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro, RJ) 26/2/2002 – 28/4/2002
Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Colección Cisneros, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 21/3/2002 – 16/6/2002
Caminhos do Contemporâneo: 1952/2002, Paço Imperial (Rio de Janeiro, RJ), 10/7/2002 – 6/10/2002
Paralelos: arte brasileira da segunda metade do século XX em contexto, Colección Cisneros, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ), 19/7/2002 – 22/9/2002
O Plano como Estrutura da Forma, Espaço MAM – Villa-Lobos (São Paulo, SP), 26/7/2002 – 1/9/2002
Arquipélagos: o universo plural do MAM, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ), 18/10/2002 – 1/12/2002
Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, Centro Cultural Banco do Brasil (São Paulo, SP), 23/11/2002 – 12/1/2003

2003
Cuasi Corpus: arte concreto y neoconcreto de Brasil: una selección del acervo del Museo de Arte Moderna de São Paulo y la Colección Adolpho Leirner, Museo Rufino Tamayo (Cidade do México, México), 21/2/2003 – 1/7/2003
Arte Brasileira na Coleção Fadel: da inquietação do moderno à autonomia da linguagem, Centro Cultural Banco do Brasil (Brasília, DF), 15/4/2003 – 1/6/2003
A Gravura Vai Bem, Obrigado: a gravura histórica e contemporânea brasileira, Galeria Virgílio (São Paulo, SP), 10/5/2003 – 31/5/2003
Escultores – Esculturas, Pinakotheke (São Paulo, SP), 18/6/2003 – 30/8/2003
Projeto em Preto e Branco, Silvia Cintra Galeria de Arte (Rio de Janeiro, RJ), 24/6/2003 – 19/7/2003
Um Difícil Momento de Equilíbrio (São Paulo, SP), 25/7/2003 – 21/9/2003
Poema Planar-Espacia, Galeria Sesc Nova Friburgo (Nova Friburgo, RJ), 9/8/2003 – 31/8/2003
Poema Planar-Espacial (Campos dos Goytacazes, RJ), 6/9/2003 – 28/9/2003
Geométricos (Belo Horizonte, MG), 8/10/2003 – 8/11/2003
Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira: exposição comemorativa dos 90 anos da artista, Instituto Tomie Ohtake (São Paulo, SP), 19/11/2003 – 11/1/2004

2004
Ordem x Liberdade, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ), 19/12/2003 – 21/3/2004
Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira: exposição comemorativa dos 90 anos da artista, Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) (Rio de Janeiro, RJ), 5/2/2004 – 28/3/2004
Tomie Ohtake na Trama Espiritual da Arte Brasileira: exposição comemorativa dos 90 anos da artista, Museu Oscar Niemeyer (MON) (Curitiba, PR), 28/4/2004 – 7/7/2004

2005
Soto: a construção da imaterialidade, Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro, RJ), 25/1/2005 – 3/4/2005
Através, ou a Geometria Corrompida, Galeria Bergamin (São Paulo, SP), 20/4/2005 – 21/5/2005
Trajetória/Trajetórias, Gabinete de Arte Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 11/5/2005 – 18/6/2005
Odorico Tavares: a minha casa baiana – sonhos e desejos de um colecionador, Museu Oscar Niemeyer (MON) (Curitiba, PR), 15/7/2005 – 30/11/2005
100 Anos da Pinacoteca: a formação de um acervo, Galeria de Arte do Sesi (São Paulo, SP), 15/8/2005 – 16/10/2005
Bienal de Artes Visuais do Mercosul (Porto Alegre, RS), 30/9/2005 – 4/12/2005

2006
Odorico Tavares: a minha casa baiana – sonhos e desejos de um colecionador, Galeria de Arte do Sesi (São Paulo, SP), 6/12/2005 – 11/6/2006
Ao Mesmo Tempo o Nosso Tempo, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 5/4/2006 – 30/4/2006
Arte Moderna em Contexto: coleção ABN AMRO Real, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) (Rio de Janeiro, RJ)
4/7/2006 – 13/8/2006
Arte Moderna em Contexto: coleção ABN AMRO Real, Banco Santander (São Paulo, SP)
Pincelada – Pintura e Método: projeções da década de 50, Instituto Tomie Ohtake (São Paulo, SP), 10/8/2006 – 24/9/2006
Concreta ’56: a raiz da forma, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 26/9/2006 – 10/12/2006
Concreta ’56: a raiz da forma, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 26/9/2006 – 10/12/2006
Concreta ’56: a raiz da forma, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 26/9/2006 – 10/12/2006
Amilcar de Castro, Mira Schendel, Sergio Camargo, Willys de Castro, Instituto de Arte Contemporânea (IAC) (São Paulo, SP), 29/9/2006 – 10/12/2006
Arte Moderna em Contexto: coleção ABN AMRO Real, Instituto Cultural Banco Real (Recife, PE) (Recife, PE)
MAM na Oca, Oca (São Paulo, SP), 3/10/2006 – 10/10/2006
Brasiliana Masp: moderna contemporânea, Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) (São Paulo, SP), Outubro 2006

2007
Dimensions of Constructive Art in Brazil: The Adolpho Leirner Collection (2007 : Houston, Estados Unidos), The Museum of Fine Arts (Houston, Estados Unidos), 20/5/2007 – 23/9/2007
New Perspectives in Latin American Art, 1930-2006: selections from a decade of acquisitions, Museum of Modern Art (Nova York, Estados Unidos), 21/11/2007 – 25/2/2008
Campo Ampliado, Instituto de Arte Contemporânea (IAC) (São Paulo, SP), 28/11/2007 – 30/3/2008

2008
Latin American and Caribbean Art: Selected Highlights from the Collection of the Museum of Modern Art, New York State Museum (Albany, Estados Unidos), 15/5/2008 – 13/10/2008
MAM 60, Oca (São Paulo, SP), 16/10/2008 – 14/12/2008

2009 Atenção: estratégias para perceber a arte, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) (São Paulo, SP), 15/1/2009 – 22/3/2009
Diálogo Concreto: design e construtivismo no Brasil, Caixa Cultural (Centro, São Paulo, SP), 24/1/2009 – 8/3/2009
Desenho e Design, Instituto de Arte Contemporânea (IAC) (São Paulo, SP), 6/5/2009 – 2/8/2009

2010
Paisagem Incompleta: projeto de uma nova paisagem, Fundação Clóvis Salgado, Palácio das Artes (Belo Horizonte, MG), 16/4/2010 – 23/5/2010
Preto no Branco: do concreto ao contemporâneo (São Paulo, SP), 24/4/2010 – 23/5/2010
Desenhar no Espaço: artistas abstratos do Brasil e da Venezuela na coleção Patrícia Phelps de Cisneros, Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre, RS), 29/7/2010 – 31/10/2010
Vibración: Moderne Kunst aus Lateinamerika (Bonn, Alemanha), 17/9/2010 – 1/12/2010
Desenhar no Espaço: artistas abstratos do Brasil e da Venezuela na coleção Patrícia Phelps de Cisneros, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), 27/11/2010 – 30/1/2011

2011
América Fría: La Abstracción Geométrica en Latinoamérica (1934-1973), Fundación Juan March (Madri, Espanha), 11/2/2011 – 15/5/2011
Iberê Camargo e o Ambiente Cultural do Pós-Guerra, Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre, RS), 10/6/2011 – 28/8/2011
1911-2011 – Arte Brasileira e Depois, na Coleção Itaú, Fundação Clóvis Salgado, Palácio das Artes (Belo Horizonte, MG), 4/7/2011 – 25/9/2011
Corte Construtivo – abstração geométrica brasileira – anos 50/60/70, Galeria Raquel Arnaud (São Paulo, SP), 23/8/2011 – 29/10/2011
Modernismos no Brasil, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (São Paulo, SP), 7/10/2011 – 29/1/2012
Art in Brazil (Bruxelas, Bélgica), 11/10/2011 – 15/1/2012
Playing with Form: Concrete Art from Brazil , Dickinson (Nova York, Estados Unidos), 1/11/2011 – 21/12/2011

2012
Geometria da Transformação: Arte Construtiva Brasileira na Coleção Fadel (Brasília, DF), 25/5/2012 – 24/6/2012
Aberto Fechado: caixa e livro na arte brasileira, Pinacoteca do Estado (São Paulo, SP), 20/10/2012 – 13/1/2013

2013
La Invención Concreta: Colección Patricia Phelps de Cisneros, Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (Madri, Espanha), 23/1/2013 – 16/9/2013
Trajetórias – Arte Brasileira na Coleção Fundação Edson Queiroz – Unifor 40 Anos, Espaço Cultural Unifor (Fortaleza, CE), 21/3/2013 – 8/12/2013

2014
Radical Geometry: Modern Art of South America from the Patricia Phelps de Cisneros Collection, Royal Academy of Art, 5/7/2014 – 28/9/2014

2015
Possibilities of the Object: Experiments in Modern and Contemporary Brazilian Art, The Fruitmarket Gallery, Edinburgh, 6/3/2015 – 25/5/2015

January 10, 2017
Willys de Castro at Luhring Augustine

Willys de Castro at Luhring Augustine 4 February - 11 March 2017 (exhibition travelling from Cecilia Brunson Projects)

READ MORE



Willys de Castro: Lado a Lado
Pérez-Barreiro, Gabriel (cur.), Willys de Castro: Lado a Lado, São Paulo: Instituto de Arte Contemporânea – IAC, 2016.

> More
Willys de Castro: From Paintings to Objects 1950-1965
Brunson, Cecilia (Ed.), Willys de Castro: From Paintings to Objects 1950-1965, London: Cecilia Brunson Projects for Alaska Editions, 2016.

> More